Logo_letreiro.jpg

21 DIAS DE JEJUM COM PROPÓSITO NA FAMÍLIA

 

Palavra pastoral

 

Por que santificar a família?

 

Quando Josué proferiu aquelas palavras: “Escolham a quem vocês querem servir, todavia, eu e minha casa serviremos ao Senhor”, ele estava tomando uma atitude que envolveria uma série de mudanças para sua família:

 

  1. Ele deixava claro que não queria ser visto como os demais povos que, além de servirem a outros deuses, eram povos que não tinham compromisso de dar bom exemplo;
  2. Ele demonstrava, com a sua decisão, que tinha uma nova perspectiva de vida, uma vida que seria vitoriosa por ser dirigida por Deus;
  3. Mas também ele, não só quis pra si como também entendeu que não havia sentido algum se sua família, sua casa, não estivessem em unidade nesse propósito.

 

Como homens de Deus, temos que assumir esse compromisso de ter a família toda alcançada, vivendo em unidade. Mas se você é a esposa cujo marido ainda não é cristão, ou um filho cujos pais não servem a Deus, ainda assim também deve ter esse compromisso de lutar para que sua casa seja alcançada em plenitude.

 

Ofereça sacrifícios de louvor por eles; coloque-os no Altar de oração; demonstre a eles as vantagens de ser servo do Altíssimo!

 

Precisamos nos desarmar dentro de nossa própria casa, deixar a resistência de lado e sermos surpreendentes para Deus e para nossa família.

 

Precisamos estabelecer prioridades, termos moderação, bondade e atenção centrada no próximo (marido, esposa e filhos) para impactar nossa família com nossos atos e palavras.

 

 

A Palavra de Deus em nossa vida é:

 

  • Inspirada por Deus
  • Eterna e imutável
  • A Verdade
  • Sabedoria (capacitação para nossa vida)
  • Dá esperança e convicção
  • Aponta para salvação
  • Revela a obra do Espírito Santo
  • Instrumento em um julgamento
  • Nos conforta e nos transforma na tribulação

 

Sua família precisa ser “impactada” com a sua vida.

 

 

Pastores Izaias Mendes e Vera Mendes